sexta-feira , 16 novembro 2018

Home » Resenhas » Álbuns » MASTERMIND – “Conceiver of Doom” (Independente – 2018 )

MASTERMIND – “Conceiver of Doom” (Independente – 2018 )

setembro 4, 2018 5:58 pm by: A+ / A-

Coceber da destruição! Assim o Mastermind chega ao seu terceiro full lenght depois de três anos desde “Unstoppable Drunks” (2015), que também soa um Thrash Metal daqueles violentos e de encher o copo máximo de cerveja. Neste novo trabalho a equipe de destruição Paraguaia comandada pelo Dario Ortigoza (Ortinho), apresenta um bombardeio de técnica, peso musicalidade e por momentos bebendo da fonte Metálica Tradicional, Thrash Metal soberbo com uma produção se comparada aos anteriores mais superior, porém não tão crua.

Os portões do Inferno se abrem novamente para dar inicio a “The Final Comand”, que se inicia com a bateria detonando e em seguida alavancadas e solos com alto feeling, total influência do Thrash Metal americano oitentista, um coisa que pode soar um pouco diferente é o vocal que devido a produção que em momentos parece estar um pouco baixo, a dupla de guitarras Elvio Fleitas e Tómas Avalos faz jus ao cargo! A influencia de Testament, Slayer Dark Angel, Exodus se vem bem presentes em “New World Order” com um riff arrastado total para abrir aquelas rodas e destruir que vem seguida da “April The 9th” que segue a mesma linha de embarque junto aquelas cadenciadas dos riffs e os Duplos gritando, “Through the Night” inicia uma bela intro que me remete a algo do Gutter Ballet ( Savatage ) e adiante a musica ganha um belo corpo que logo o refrão te cola na cabeça com uma melodia genial, os solos bebem soberanamente da escola Heavy.

“Islamic Suicide” e um Thrash típico que não deixa a casa cair, e chegamos à instrumental “Conceiver of Doom” que é minha preferida, lembram quando disse que bebiam da fonte tradicional então aqui estamos, se esse arregaço não te remete a clássicos como Thundersteel e a autenticidade de Bonded By Blood, busque! “Down to the Fiery Pits of Hell”, “Aim to Kill” e “Underground” que para mim soa um Heavy/Thrash/Power violento! Por fim um álbum que certamente está acima dos dois primeiros, mais dosado, trabalhado e irá agradar muitos Bangers !! “ Forever Free I´ll always be into the UNDERGROUND!

http://www.mastermindthrash.com/
https://www.facebook.com/mastermindthrashpy/

Por: Walber Tavares

MASTERMIND – “Conceiver of Doom” (Independente – 2018 ) Reviewed by on . Coceber da destruição! Assim o Mastermind chega ao seu terceiro full lenght depois de três anos desde “Unstoppable Drunks” (2015), que também soa um Thrash Meta Coceber da destruição! Assim o Mastermind chega ao seu terceiro full lenght depois de três anos desde “Unstoppable Drunks” (2015), que também soa um Thrash Meta Rating: 0
scroll to top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com